Lei do Bem

Sua empresa tem esse direito!

A Lei do Bem é um incentivo fiscal concedido às empresas que investem em Pesquisa & Desenvolvimento e Inovação Tecnológica.

Qual o Ganho Financeiro para a empresa incentivada?

Recuperação de até 27,2% (ganho de caixa permanente) de todo o dispêndio mapeado como vinculado à atividade de inovação tecnológica. 

Quais os pré-requisitos para obter os incentivos fiscais?

A empresa deve estar no regime de Lucro Real;

A empresa deve ter obtido Lucro Fiscal no ano em que pleiteia o incentivo;

A empresa deve comprovar a Regularidade Fiscal (CND ou CPD-EN)

Acesse a Calculadora Lei do Bem

Reinvestimento em P&D

Os valores deduzidos poderão ser reinvestidos em Pesquisa e Desenvolvimento, possibilitando gerar novas inovações ao mercado.

Melhoria Contínua

Os produtos, serviços e processos da empresa podem se beneficiar de um processo de melhoria contínua (um círculo virtuoso se inicia)

Maior Competitividade

O fortalecimento da área de P&D, além de possíveis ganhos em diversas áreas darão à empresa maior poder de competitividade perante seus concorrentes

Quais os tipos de dispêndios são incentivados pela

Lei do Bem?

  • Salários e Encargos - Dispêndios com colaboradores ou terceirizados que realizam atividades relacionadas à Pesquisa e Desenvolvimento;
  • Materiais, insumos e serviços envolvidos em melhorias de produtos ou plantas produtivas, por iniciativa própria ou demanda de clientes;
  • Otimização de recursos;
  • Desenvolvimento de sistemas e softwares por departamento próprio ou parcialmente terceirizado;
  • Parte de dispêndios para atender a Certificados ISO, Lean, Seis Sigma, 5S; etc
Baixe o nosso E-book

Lei do Bem

Saiba mais sobre o incentivo fiscal da 

Lei do Bem

São Paulo - Rio de Janeiro - Belo Horizonte Florianópolis - Salvador - Brasília

® Todos os direitos reservados.